Translate

NO CENTRO DA VONTADE DE DEUS




Então,  um namoro que não esteja no centro da vontade de Deus vai interferir no seu ministério e em todas as áreas da sua vida.
Onde está o centro da Sua Vontade? Esta é uma resposta difícil que todo cristão quer saber. Se você é um cristão verdadeiro, então você quer encontrar aquele lugar onde terá a absoluta certeza que está no centro da vontade de Deus. Mas como ter certeza? Como saber? Tem como saber sim, percorrendo o caminho descrito pela Palavra onde então poderemos encontrar este lugar para cada um de nós.
Em nossos dias, um dos maiores problemas que os homens enfrentam refere-se a relacionamentos. O número de divórcios aumenta, muitos pré-adolescentes, adolescentes e adultos não querem se relacionar com responsabilidade e compromisso e querem apenas um(a) parceiro(a) para terem relações sexuais. Além disso, vários países, inclusive o Brasil, têm "aprimorado" suas leis relacionadas ao divórcio para tornar o processo menos burocrático. Caso você não tenha percebido, o homem nunca conseguirá solucionar seus problemas de relacionamento sem conhecer a vontade Daquele que criou tanto os homens e mulheres quanto os relacionamentos, Deus, o Criador de todas as coisas.


 É essencial que você entenda que um relacionamento amoroso deve ter sempre como objetivo o casamento.

Quando Deus falou a Adão que um homem deveria deixar a sua parentela e se juntar a uma mulher assim se tornando um (Gênesis 2:24), ele estava descrevendo o casamento.
Se você procurar na Bíblia, não encontrará nenhuma passagem que relate um namoro, pois esse não era um costume do povo de Israel. Na sociedade atual, temos a figura do namoro, em que os próprios jovens tratam de escolher um ao outro e este é um dos principais assuntos deste estudo, pois essa escolha deve estar pautada na vontade de Deus para que não sejam tomadas decisões precipitadas que causem arrependimento e que desagradem a Deus.
Jesus deve ser o Senhor da sua vida

Sem Jesus como Senhor da sua vida seu relacionamento jamais poderá tê-lo como centro, isto é, jamais será um relacionamento de acordo com a vontade de Deus.

 Jesus é a perfeita manifestação do amor de Deus, o amor perfeito. Diz em João 3:16 que "Deus amou o mundo" e por isso enviou o seu Filho Unigênito. João 3:16


Antes de você amar uma pessoa, você deve amar a Deus de todo o seu coração e acima de todas as coisas. Marcos 12:29:30
Se você amar a Deus sobre todas as coisas, antes de querer agradar o(a) seu(sua) companheiro(a), seu desejo será agradar a Deus.
 A escolha do(a) companheiro(a)
 Você não deve escolher seu(sua) companheiro(a) pela beleza exterior, pois esta não necessariamente reflete o interior. Deus não olha para a aparência exterior das pessoas, mas olha para o coração. Isso está escrito em       

1 Samuel 16:7b

"(...)O homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração."
 Porém, podemos ler no versículo 7 que Deus não vê como o homem vê.

1 Samuel 16:7

"Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a sua altura, pois eu o rejeitei. O Senhor não vê como vê o homem. O homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração."
 Escolher somente pela aparência externa é um grande engano. A escolha de seu(sua) companheiro(a) deve se basear no caráter, nas atitudes e no falar.
 Se você entendeu que Jesus deve ser o seu Senhor, toda a sua vida será para fazer a vontade Dele. Portanto, você não poderá escolher alguém que não tenha esse mesmo desejo de servir ao Senhor. Em Amós 3:3, o Senhor nos ensina que não podem andar duas pessoas juntas se não estiverem de acordo, isto é, se não tiverem o mesmo objetivo.
 Esta é uma lição muito importante: você deve escolher uma pessoa que tenha o mesmo objetivo de servir ao Senhor. Não estamos falando de escolhas profissionais, mas sim de uma escolha muito mais importante que direciona toda a sua vida: servir ou não servir a Jesus.
 Um relacionamento só estará de acordo com a vontade de Deus se ambos conhecerem o perfeito amor Dele revelado em Jesus Cristo.
 O perfeito amor de Deus é descrito em 1 Coríntios 13:4-7.
Identificar a intensidade e a veracidade do amor de uma pessoa por você é uma tarefa fundamental, pois você deve conhecer vários casais que falam "Eu te amo", porém já deve ter conhecido também casais que, mesmo declarando seu amor, separaram-se. A separação não é uma atitude coerente para um casal que se ama, pois o verdadeiro amor "tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta", como lemos em 1 Coríntios 13:7.


 Quando você for escolher seu(sua) companheiro(a), observe se cada atitude dele(a) reflete as palavras que ele(a) diz. Não espere que essa pessoa mude totalmente de atitudes quando se casar se ela não aceita ter suas atitudes e comportamentos transformados pelo Senhor Jesus desde já. Por exemplo: se seu companheiro não gosta de trabalhar ou de estudar, não espere que ele se torne um grande trabalhador ou mestre após o casamento. Da mesma forma, se sua companheira não gosta de cuidar dos afazeres domésticos ou arrumar-se, não espere que ela se torne a melhor dona-de-casa ou uma grande "modelo" após o casamento. Lembre-se de que não estamos falando sobre vaidade excessiva, pois este é um grande perigo.
 Para escolher uma pessoa, não queira experimentar seu beijo ou tocá-la, pois, se isso acontecer, a decisão se baseará fortemente na atração pelo sexo oposto, o que gerará um grande erro.


Tornar-se o(a) melhor amigo(a) da sua(seu) companheira(o)
 Quando você escolher sua(seu) companheira(o), torne-se o(a) melhor amigo(a) dela(e), para conhecê--la(o) como realmente é, pois as pessoas se revelam aos amigos como realmente são.
 Além disso, tornar-se o melhor amigo é a forma pela qual o relacionamento poderá experimentar o perfeito amor de Deus. Um mau hábito dos jovens nos dias atuais é conhecer uma pessoa pelo beijo e pelo toque, ou seja, pelo vulgo "ficar". Essa forma de conhecer é totalmente contrária à vontade de Deus por alguns motivos que iremos citar.
 Um desses motivos é que os jovens acham que o relacionamento é feito apenas de beijos e abraços, julgando que passarão dias inteiros se beijando e abraçando, porém esquecem de que deverão trabalhar e estudar, e esquecem também de que virão momentos difíceis que somente a amizade os fará suportar.

Não deixe de ler isto: o principal objetivo de um relacionamento entre um homem e uma mulher é transformá-los para que sejam como o Senhor Jesus. Por que Deus escolheu o casamento também para isso? Porque não é possível o marido se esconder da mulher e a mulher se esconder o marido. No casamento, tudo é transparente e isso gera a transformação quando os dois crêem que Jesus é o Senhor da vida deles.
 Outro motivo pelo qual o "ficar" é totalmente contrário à vontade de Deus é que, quando você reconhece Jesus como Senhor da sua vida, seu corpo não é mais seu, mas sim do Senhor Jesus. Você pode perguntar: "Como assim?". Leia então os versículos  1 Coríntios 6:12-20.
Tornar-se amigo da pessoa com a qual você pretende se relacionar é fundamental para que vocês dois experimentem o verdadeiro amor de Deus, que irá permitir que vocês chorem juntos, riam juntos, percam juntos, vençam juntos e façam tudo como um verdadeiro casal que serve ao Senhor Jesus.
 Essa relação de amizade entre você e sua(seu) companheira(o), fará com que o relacionamento entre vocês seja transparente, de forma que não haja segredos e margem para a desconfiança.
 Construir uma amizade exige ter tempo antes de iniciarem o namoro.


                                              FOCO NO CASAMENTO



 Quando os dois entendem que o Senhor Jesus é o centro de suas vidas, há um objetivo em comum: servir a Ele. Dentro desse objetivo é necessário que os dois desejem se casar para cumprir a vontade do Senhor. Como vimos no começo do estudo em Gênesis 2:24-25, é propósito do Senhor que um homem e uma mulher que irão se relacionar casem-se.
 Se os dois não tiverem o casamento como foco e avançarem no relacionamento, possivelmente caminharão para a prostituição. O apóstolo Paulo alertou os coríntios acerca disso. Leia em 1 Coríntios 7:1-2.
 Pela atração que existe entre homem e mulher, ambos desejam se abraçar, acariciar e beijar,  aumentando a intimidade. Porém, avançar nessa intimidade só deve acontecer após o casamento. Entenda uma coisa: a intimidade é como um carro sem marcha ré. Os dois começam acariciando as mãos um do outro, depois acariciando o rosto, depois dão um beijo de carinho e nunca, por causa da atração pelo sexo oposto, irão voltar atrás. Portanto, não acelere a intimidade antes de se casar.
 O ápice da intimidade entre um homem e uma mulher é o sexo, que é algo santo pois foi criado por Deus. É sobre o sexo que Deus falou no versículo de Gênesis 2:24, quando disse "e serão ambos uma carne", e também falou no versículo de Gênesis 1:28, quando disse a Adão "Frutificai, e multiplicai-vos, e enchei a terra".
 Nos nossos dias, não é difícil você ouvir: "Casa. Se não der certo, separa", e isso é um grande engano no qual muitas pessoas acreditam não haver nenhum problema.
 Segundo a Palavra de Deus, o casamento é para toda a vida, sendo que só pode ser dissolvido pelo divórcio ou pela morte. Neste momento, cabe falar sobre o divórcio.
 Quando contestado pelos judeus, Jesus disse que Deus havia feito uma esposa para um homem; por isso mesmo não deveria haver divórcio (Marcos 10:2-12).

Desta maneira, Deus fez o homem e a mulher iguais quando se diz respeito a adultério. Um marido infiel é tão adúltero quanto uma esposa infiel.

 Em Mateus 5:31-32, Jesus ensinou que o único motivo pelo qual o marido ou a mulher pode se divorciar é caso seu cônjuge adultere, ou seja, tenha relações sexuais fora do casamento.
Jesus ainda disse que apenas a intenção de adulterar já é considerada como adultério diante de Deus. Isso está escrito em Mateus 5:28.


Todos os seus comportamentos e atitudes devem estar de acordo com a vontade de Deus


Durante o casamento, jamais os dois devem parar de olhar para o Senhor Jesus.
 Como todo cristão, casado ou não, é necessário buscar diariamente a obediência à Palavra de Deus para conhecer e cumprir a vontade Dele. Para isso, é necessário que o marido e a mulher meditem na Palavra do Senhor com tempo de qualidade.
 Um dos maiores objetivos de Satanás é destruir a família, pois a família é base para o ensino (disciplina), base para o amor, base para relacionamentos e base para o aconselhamento. É possível viver sem algum desses quatro itens? Absolutamente, não. O ensino é importante para que possamos andar corretamente a fim de discernir sobre o que é bom e o que é mau. O amor é fundamental para que possamos nos relacionar. Os conselhos são preciosos quando vêm de pessoas que temem a Deus.
Caminhar rumo ao centro da vontade de Deus obviamente não é um processo fácil. Acima de tudo devemos estar dispostos e renunciar alguns privilégios que conquistamos ao longo da nossa vida natural, e renunciar sempre custa caro, cada vez mais caro.



 E o mais importante de tudo isso é que em todas as nossas ações, em todos os nossos feitos, em todos os nossos pensamentos e palavras – simplesmente em tudo – nós só estaremos agradando ao Pai se Ele, ao ver-nos servindo na sua obra, contemplar-nos refletindo o brilho do Seu Filho amado em nós. Assim como a prata e o ouro que o ourives purifica pelo fogo só está pura quando reflete o brilho do seu rosto, de tudo o que realizarmos nesta Terra, só valerá através de nós aquilo que reflete o brilho do Filho de Deus.
Esses são princípios fundamentais para que se tenha um relacionamento próspero diante da vontade de Deus:
Jesus deve ser o Senhor da sua vida;
A escolha do(a) companheiro(a);
Tornar-se o(a) melhor amigo(a) da sua(seu) companheira(o);
Foco no casamento;
Todos os seus comportamentos e atitudes devem estar de acordo com a vontade de Deus.
Se o Senhor Jesus for o centro do relacionamento, não haverá nada que o impedirá de prosperar. Ter Jesus como o centro do relacionamento significa que ambos os cônjuges devem tê-lo como Senhor de suas vidas e todas as decisões devem estar de acordo com a vontade Dele.
Até que a morte os separe.

Um grande abraço!!!


Um comentário:

Patrícia Ataíde disse...

Ahhh amigos, se muitos casais, até cristãos, entendessem essas verdades da Palavra, a Igreja seria tão mais forte e efetiva, não!!!

Eu mesma demorei pra entender tudo isso mas tem horas que vc simplesmente desiste de entender e se rende a vontade do Espírito.

Essa palavra precisa ser pregada dentro e fora de casa, sempre, para que tenhamos um futuro melhor e mais sadio em nossos relacionamentos.

O povo sofre por falta de conhecimento. Quanto mais buscarmos conhecer a Deus e sua vontade, menos sofreremos. Aleluia!!!